terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Companheira de aventura!!

Você vem sendo minha companheira e amiga por quase 11 anos, e se Deus quiser continuará sempre. 2014 estamos juntas de novo. Estou falando da corrida, claro. 





Feliz ano novo!!!

Desejo um feliz ano novo a todos. Muita saúde, felicidade e prosperidade, que 2014 estejamos juntos e com muita correria.




terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Feliz Natal amigos!!

Feliz natal amigos. Desejo muita saúde, felicidade e sucesso. Que o Senhor esteja sempre iluminando todos com muita correria. Amém. 





Bom pessoal, segui a baixo um vídeo que eu fiz para uma comunidade que eu participo no Facebook onde possuem nativos e praticantes da língua inglesa. 
O inglês não é fluente e nem perfeito, mas, se você estuda e quer melhorar o seu aprendizado em outro idioma é importante você está sempre praticando, praticando e praticando.É errando que se aprende. Só não pode persistir no erro.

Merry Christmas and a happy new year. 

Cheers!

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Jéssica Levadinha contando da temporada 2013



18 provas, 7 pódios, Campeã da 5ª Corrida Shopping Internacional de Guarulhos, Campeã da faixa do Circuito de Corridas do Grande ABC e 3ª do Top 10 melhores do Circuito Corpore. 
Bora para 2014

domingo, 15 de dezembro de 2013

Me diga que tipo de filme você gosta, que eu lhe digo que tipo de corredor você é

Olá amigos, hoje vou fazer uma pequena comparação entre os tipos de filmes com alguns tipos de corredores. Qualquer comparação é mera coincidência.



Tipo de filme: Romance
O corredor: Este tipo de corredor é aquele que busca na corrida não apenas uma forma de qualidade de vida, saúde, desafiar os próprios limites, mas também, encontrar um romance. Como nos filmes, este tipo é todo sentimental e não perde o momento para encontrar alguém com o mesmo gosto pelo esporte. Ele "ataca" de mansinho, geralmente, marcando um treininho ou corrida para ir com você, ou em que horário e dias da semana você vem a academia. Se você não quer um romance no esporte, ou não com essa pessoa, mostre a ele logo no começo que você não esta a fim e ponto final.

Tipo de filme: Comédia
O corredor: Este tipo é divertido, alegre e descontraído. Todos gostam de pessoas que nos divirtam, o problema é quando ele se diverti demais e esquece de levar as coisas que devem se levadas a sério: treino, horários, alimentação, descanso...Chegando a atrapalhar os demais atletas. Deixe claro a este atleta que você quer melhorar os seus resultados e colocações nas provas, sendo assim, você tem que se dedicar mais, não podendo conversar durante os treinos e nem ir para uma pizzaria ou barzinho uma noite antes da competição.

Tipo de filme: Ficção cientifica
O corredor: É aquele tipo que corre como se fosse um Robocop, com toda a tecnologia e modernidade que possui: relógio com milhares de funções, tênis de não sei tantos reais, Ipod, Iphone e sabe mais o que. Vive na internet procurando algo novo a comprar que pode melhorar a sua performance. Lembre-se: O feijão com arroz é um prato antigo, mas funcional.

Tipo de filme: Pornográfico. 
O corredor: Quero deixar bem claro amigos atletas que não é nada disso que vocês estão pensando. Mas aposto que é o que pensam os que não são atletas.
Um dia levei um antigo namorado para uma corrida, ele não era atleta, observação, então não entendia nada sobre o esporte. Eu pensei que ele iria adorar o ambiente e mais, só que para a minha surpresa ele odiou. Primeiro, ele já tinha visto fotos minhas correndo, mas pessoalmente, o rapaz ficou doido, me perguntou como eu podia correr no meio de um monte de gente com aquela roupa "indecente" que eu uso para correr: top e short. Me pediu para correr com algo menos "escandaloso". Assim, claro, ele falou dos demais atletas. Homens correndo de short e camiseta regata também não foi bem visto por ele. Claro que o namoro não durou. Mas, eu já ouvi algumas pessoas de fora que vão assistir uma prova, falarem como nos atletas podemos nos vestir assim, até no inverno. E até esposas ciumentas tamparem os olhos dos maridos. Então amigos, corredor: de louco e pornográfico todo mundo tem um pouco.

Tipo de filme: Aventura
O corredor: Este gosta de se aventurar mesmo no esporte. Geralmente é aquele tipo que  vive o esporte intensamente, de corpo e alma. Todo final de semana competi, isso quando não faz mais de uma prova por fim de semana. Topa qualquer coisa, provas curtas, médias, longas, muito longas e mais longas ainda. Mesmo não tendo condições físicas, mentais e psicológicas para isso. Podendo infelizmente se lesionar ou falir de vez a conta bancária.

Tipo de filme: Drama
O corredor: Este atleta você sente pena só de lembrar. Nos treinos ele age como se estivesse em uma selva e que tem que corre pela sobrevivência, mas na hora da corrida, parece que ele nunca vai bem, para ele. Porque geralmente, este tipo de atleta se cobra demais, é muito perfeccionista e competitivo. Acha que não foi bem, e fica super decepcionado depois. Já vi cara quase chorando porque foi "mal" e só conseguiu quebrar um minuto (do seu recorde pessoal) em comparação a última prova que fez com a mesma distância nos últimos 5, 6 meses. Se preocupe mais com o treino do que a competição, ela é um reflexo do seu preparo, mas não é tudo. E aprenda a valorizar as pequenas vitórias, para quando chegar as grandes, você esteja preparado para elas.

Tipo de filme: Desenho 
O corredor: Como o próprio nome diz, este tipo age na corrida como se estivesse indo assistir um desenho: ele leva a família, amigos, vizinhos, cachorro, papagaio e até a sogra. Só que ao contrário do corredor comédia, ele não atrapalha ninguém. Sabe o seu lugar, geralmente nas caminhadas das provas, depois que todos os atletas já passaram pela linha de saída.

Tipo de filme: Guerra
O corredor: Este tipo é o nosso grande herói. Vai a competição como se estivesse indo para a guerra, luta pelo pódio e principalmente o lugar mais alto dele como se fosse gladiador lutando contra os leões. É o tipo que mais é admirado, aplaudido e adorado. Afinal, ele merece. Guerrilha em nome da sua pátria até o fim.


Bom amigos, espero que tenham gostado.
Tenham um ótimo domingo e treinos.

P.S Qual tipo de filme vocês são?






quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Obrigada pelo carinho pessoal!!!

2013.
Temporada muito cansativa. Em mente, três objetivos. A estréia numa meia maratona, vitória na 5ª Corrida do Shopping Internacional de Guarulhos, e uma boa presença na corrida que aconteceria no dia 8 de dezembro também em Guarulhos.


O primeiro pódio aconteceu já na Oral B. Animados, passamos um trabalho rumo à Meia Maratona Corpore. Com o bom resultado na estréia, 1h 33 min. Resolvemos brigar para chegar entre as três melhores da Corpore. Dezoito competições, a maioria delas “pedreiras” como os 10 km da Igreja Metodista e os 10 km em Ribeirão Pires. Uma batalha na Gonzaguinha. No entanto, o mote da temporada não brilhou. A corrida de 8 de dezembro em Guarulhos ardeu em fogo amigo. Não comemoramos o título de campeã por faixa em Ribeirão Pires. Hoje (12 de dezembro), também não estaremos na premiação de 3ª Melhor da Corpore, cerimônia que acontece na Assembléia Legislativa de São Paulo. Não há o que lamentar, mas agradecer a Deus pelas oportunidades e aos amigos pelo incentivo.

Estaleiro para pequenos reparos. Desacelerando, repensando o esporte. Se possível uma nova temporada bastante atribulada. Novos desajustes, grandes desencontros. Isso é o sal que impulsiona o nosso trabalho. Aqueles minutos que antecedem o tiro de largada, o som da corneta, passadas, suor, cansaço, chegada. O abraço dos amigos, o carinho dos desconhecidos que se tornam novos amigos, tudo isso nos leva a continuar no caminho das corridas de rua. Não pertencemos a uma cidade, o mundo digital quebrou todas as barreiras e ser a melhor atleta de um município já não tem sentido. Somos globais, nosso país é o mundo. Persistiremos.
À Jéssica Levadinha, o carinho dos amigos, Jotabê Ruza, Hormino, Miguel, Novak e é claro, Álvaro, Pai e Treinador.

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Retrospectiva 2013


Olá amigos.
Vou falar um pouco da temporada 2013, que para mim, foi a melhor da carreira até o momento.
Foram 18 provas, 9 pódios, campeã da Corrida Internacional de Guarulhos, campeã da faixa do Circuito Popular do Grande ABC e 3ª colocada no Top 10 melhores do Circuito da Corpore.

Vamos fazer uma retrospectiva de todas as provas:

Corrida: Oral b
Data: 27/01
Distância: 7 km
Tempo: 28:27
Colocação geral feminina: 5ª colocada

Nada como um pódio para começar bem o ano, principalmente quando você ganha dois troféus e várias coisas gostosas para comer:

     

Corrida: Abertura Corpore
Data: 10/03
Distância: 5,3Km
Tempo: 21:35
Colocação geral feminina: 6ª colocada

Existem dias e dias, neste dia não obtive o tempo desejável que estava proposto.

Corrida: Meia Maratona Corpore
Data: 14/04
Distância: 21,1 Km
Tempo: 1h 33:27
Colocação geral feminina: 11ª

Nada como um desafio novo, maior e desconhecido. Participar de uma meia foi algo que meu paitreinador e eu tivemos a ideia porque notamos que precisávamos de uma "sacudida" nos treinos. E a preparação foi intensa e concentrada, nunca sentimos tanto vigor e entusiasmo, imagina quando irmos para a maratona.



Fonte: www.ativo.com

Corrida: Graacc
Data: 12/05
Distância: 10 Km
Tempo: 42:02
Colocação geral feminina: 6ª colocada

Correr é maravilhoso, participar que uma prova como o Graacc é mais ainda. Ajudar é sempre bom e revigorante.


 

Corrida: 4ª Volta da União
Data: 09/06
Distância: 9 Km
Tempo: 37:27
Colocação geral feminina: 6ª

Corri pela primeira vez esta prova e adorei. Não esperava o tempo e a colocação para um percurso que você entra e sai do estacionamento, um lugar fechado e muito poluído.


  

Chegada da prova (esquerda) e eu e Irma Carlos campeã do Circuito Top 10 melhores da Corpore (direita)

Corrida: 1ª Etapa do Circuito Popular do Grande ABC
Data: 16/06
Distância: 10 Km
Tempo: 43:38
Colocação geral feminina: Vice-campeã

Tem provas que você termina com uma vontade de dever cumprido e satisfação. Esta prova que ocorreu em São Caetano do Sul, SP, não foi nada fácil, com percurso difícil e desafiador.


  

Corrida: 18ª Corrida Bombeiro 
Data: 30/06
Distância: 10 Km
Tempo: 42:34
Colocação geral feminina: 9ª

A clássica corrida em homenagem ao dia dos que se arriscam a salvar vidas em nome do amor, profissão e humanidade. Um dia que deve ser sempre comemorado e lembrado. Você são 1000!!!

  


Corrida: 2ª Etapa do Circuito Popular do Grande ABC
Data: 07/07
Distância: 10 Km
Tempo: 42:27
Colocação na geral feminina: Vice-campeã

Tudo nesta vida tem a primeira vez, e foi a primeira vez que eu corri uma prova com muitos desníveis, além da altimetria, de terrenos. Cheguei em uma lama só, mas foi muito divertido!!


  

Corrida: 11ª Meia de São Bernardo do Campo
Data: 04/08
Distância: Mais de 5 Km
Tempo: 20:16 (passagem dos 5 em 19:40)
Colocação: Vice-campeã

É a segunda fez que participo da prova na distância menor, mas quem sabe ano que vem não me desafio mais.

  


Corrida: Centro Histórico
Data: 11/08
Distância: 9 Km
Tempo: 36: 58
Colocação: 9ª colocada

Para mim foi a melhor corrida do ano, fiz o maior número de pontos segundo a tabela Húngara da Corpore. Ainda de quebra conheci o campeão olímpico da maratona de Atenas Stefano Baldini, e a campeã da prova Anna Stefani, ambos italianos, mas conversamos em inglês. 

  

Corrida: Igreja Metodista em Itaquá
Data: 25/08
Distância: 10,5 km
Tempo: 45:24
Colocação na geral feminina: 7ª (1ª na faixa)

Grande corrida, tão grande que pensei que não iria acabar mais. Primeira na categoria. E ainda levei para casa alguns hematomas porque tentei me desviar de um atleta que no tiro de partida, ao invés de correr, resolveu cair no chão. 

 

 Marco Santos, Carmelita Silva, eu e seu Hormino

Corrida: 83ª Volta da Penha
Data: 08/09
Distância: 10 Km
Tempo: 42:33
Colocação na geral feminina: 10ª

É sempre uma honra participar da segunda prova mais antiga no país.

  

 Fonte da foto da direita: www.cameraurbana.com.br

Corrida: 4ª Etapa Circuito Popular do Grande ABC
Data: 15/09
Distância: 10,2 Km
Tempo: 43:30
Colocação: Vice-campeã

Esta etapa foi na cidade Rio Grande da Serra, ótima corrida. Parecia uma maratona. Clima muito quente.

  

Corrida: Mulheres em movimento
Data: 20/10
Distância: 5 km
Tempo: 19:53
Colocação na geral feminina: 7ª

Esta festa é só para mulheres!!!



Corrida: Shopping Aricanduva
Data: 27/10
Distância: 9 Km
Tempo: 37:33
Colocação na geral feminina: 9ª

Corrida que deixa o melhor sempre para o final: a "subidinha" do estacionamento


    

Corrida: Shopping Internacional Guarulhos
Data: 10/11
Distância: 5 km
Tempo: 19:58
Colocação na geral feminina: Campeã

A vitória já era esperada!

  

Corrida: Encontro Coop
Data: 24/11
Distância: 10 Km
Tempo: 41:31
Colocação na geral feminina:  6ª

Primeira vez que corro na elite A da Corpore. Melhor tempo na distância do ano.

  

Fonte da foto da direita: www.treinoonline.com.br

Corrida: Sargento Gonzaguinha
Data: 08/12
Distância: 15 Km
Colocação na geral feminina: 4ª

E por ultimo, mas não menos importante da Gonzaguinha. Ótima prova para fechar com chave de ouro a temporada.


  


E como foi a temporada para vocês?
Bons treinos e até a próxima.

47ª Corrida Sargento Gonzaguinha 2013

Olá companheiros de corrida, como estão?
O ano está quase terminando e já podemos ouvir as canções natalinas e sentir na atmosfera o clima de festas.
Espero que estejam todos se preparando para os presentes, amigos secreto, chocolate... porque não estou nem um pouco preparada. Verdade, não comprei nada ainda, acho que vou honrar a minha nacionalidade e deixar tudo para a ultima hora.

Domingo (08/12)  participei de uma grande festa a 47ª Corrida Sargento Gonzaguinha. O percurso contou com 15 Km. A elite feminina largou às 7:30 da manhã, a elite masculina e o demais (como eu) largaram às 7:40. O sol apareceu logo nos primeiros quilômetros e ficou cada vez mais forte.
O campeão masculino foi Israel dos Anjos e no feminino a tanzaniana Failuna Abdi.
Segundo o site da organização cheguei em 4ª colocação na geral feminina (a premiação é só para os 3º melhores na geral feminina e masculino). O tempo que aparece não é compatível com o cronometro do meu treinador e do meu, mas tudo bem. Mesmo assim, superei o meu recorde anterior na distância.

Foi a ultima prova da temporada e eu estou muito satisfeita com a minha performance que obtive em 2013.

Fotos: 




Descansando um pouco antes da prova


A campeã 


Largada


Elite masculina




Meu pai não pode ver avião, parece criança



Desaquecendo





Até mais amigos.
Bons treinos e resultados.


sábado, 7 de dezembro de 2013

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Entrevista para o blog Seguidores de Fidípides

Esta é a entrevista que dei ao blog: Seguidores de Fidípides.
Obrigada Fernando Dantas pela oportunidade de contar um pouco da minha história no esporte, e pela paciência.

Quem costuma prestigiar a cerimônia de premiação das corridas principalmente no feminino, já deve ter ficado curioso ao ouvir o sobrenome "Levadinha", a seguir leia um pouco sobre a sua história.




"Sempre pensei que ser igual a todo mundo não iria superar minhas expectativas. Por isso, desde cedo, com uns 10 anos, pensava em algo que eu pudesse realizar, que gostasse e que me fizesse me destacar diante da multidão e com isso ser lembrada, conhecida e reconhecida por algo que muitos não executassem ou não da mesma forma que eu.

Em uma manhã de domingo, meu pai Álvaro Levadinha me contou sobre seu passado glorioso no esporte (ele competia marcha atlética pelo Esportivo da Penha, e depois migrou para a corrida). Mesmo amando os tempos de corredor, foi na marcha atlética que ele obteve os melhores anos e vitórias em sua carreira esportivaBem, voltando a aquela manhã dominical, assistimos à Maratona de São Paulo (feminina), foi a primeira vez que tive um dos momentos mais importantes da minha vida, tendo descoberto o que realmente faria parte da minha rotina diária e que seria o meu pilar para uma vida de foco, disciplina, trabalho árduo e de muitas recompensar pessoais: a corrida.

No momento, a única pessoa que se dispôs a entrar nesse "barco" comigo e navegar por mares desconhecidos e difíceis foi o meu pai. Mas, logo ele me alertou dos perigos, dificuldades e do que eu teria de renunciar para conseguir o êxito e o sucesso que eu almejava.

Fiz minha primeira "navegação" em 1º de maio de 2003, na Corrida Infantil de Guarulhos. Com percurso de 3 km em 22 minutos, fui umas das últimas colocadas, acompanhada pelo meu pai (que deixou bem claro antes que iria correr comigo somente porque era a minha primeira competição e depois as outras eu teria de seguir as com minhas próprias pernas), e a ambulância. Isso mesmo, a ambulância que acompanha o ultimo colocado. Depois, jurei a mim mesma que iria treinar que nem uma gladiadora para evoluir e trocar a ambulância pelo pelotão das melhores atletas das provas".


Jéssica Levadinha, 22 anos - trabalha com vendas e está concluindo a graduação em Marketing e atleta profissional.

quantas corridas realizadas - 118 provas - 61 pódios


inspiração: todas as guerreiras que chegam à minha frente em provas.

motivação: a minha própria força e garra interior.
quem admira no esporte - Márcia Narloch e Paula Radcliffe

correr é - o momento único e maravilhoso, só meu, onde posso ser criativa, briguenta e forte. Um exercício espiritual onde posso testar a minha mente e corpo para juntos trabalharem em sincronia e equilíbrio.